Instituto assina Memorando de Entendimento com a Secretaria Estadual de Saúde do Paraná

por / Quinta-feira, 18 Abril 2019 / Categoria Acontece, Notícias

O dia 16 de abril de 2019 vai ficar marcado pelo início de uma parceria que renderá bons frutos para a Saúde na nossa região. O Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná) e o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) receberam a visita do secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Preto e sua comitiva, formada pelo diretor geral da Secretaria Estadual de Saúde (SESA), Nestor Werner Júnior, pela superintendente de Atenção à Saúde, Maria Goretti David Lopes e pela superintendente de Vigilância em Saúde, Acácia Nars. Um Memorando de Entendimento entre as instituições foi assinado e os convidados acompanharam apresentações sobre a atuação do ICC e do IBMP e os projetos em desenvolvimento.

“Estou muito feliz em estar aqui. Me recordo que a pedra fundamental da implantação da Fiocruz no Paraná se deu ainda no final do governo Lerner. Na época eu atuava como presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná e estivemos em um evento de instalação da Fiocruz. Volto aqui, anos depois, e vejo a prosperidade que atingiu essa instituição, a envergadura da Fiocruz em ampliar a sua atuação no Paraná, de maneira proeminente”, destacou o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Preto. “Quero registrar aqui o profundo respeito que tenho por essa instituição”, declarou.

O diretor-presidente do IBMP, Pedro Barbosa expôs a atuação da entidade na pesquisa aplicada, no desenvolvimento tecnológico, na inovação e na produção industrial de insumos e kits de diagnóstico. “Nossa preocupação é com as lógicas de desenvolvimento virtuoso da saúde em cada local. A Saúde é prestação de serviço, mas é também desenvolvimento econômico. Essa compreensão da formatação entre prestar serviço e ganhar autonomia no campo da pesquisa, do desenvolvimento e da produção, isso é um elemento de dinamismo econômico. Nosso encontro aqui é para iniciar a discussão de como nós e o Estado podemos incrementar o relacionamento com essa perspectiva”, disparou Pedro.

Finalizando a visita, o diretor-geral da SESA, Nestor Werner Júnior, avaliou como positivas as perspectivas da parceria para o futuro.  “Nossa ideia, desde o primeiro momento, foi a de tentar aproximar a SESA do Instituto Carlos Chagas e do IBMP. Depois das apresentações que fizeram aqui hoje, não tenho dúvidas que nós abrimos um leque muito grande de possibilidades. Não dá para a Secretaria fazer uma gestão do Sistema Único de Saúde, hoje, com todas as suas vertentes, de forma isolada. Não tenho dúvida que essa primeira conversa é um ponta pé para uma parceria muito interessante”, concluiu.

TOP